Foto-lancamento5

Lançamento oficial do Juntos pela Saúde

Artigo por Juntos pela Saúde em 29/02/2016

A secretária de Estado da Saúde, Rozangela Wyszomirska, apresentou, nesta segunda-feira (29), o aplicativo Juntos pela Saúde – tecnologia que permite ao cidadão denunciar os focos do mosquito Aedes aegypti. A solenidade aconteceu na sede da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), em Jaraguá, onde também aconteceu a demonstração do uso de drones para atuar em locais de difícil acesso.

Conforme esclareceu Wyszomirska, o diferencial do aplicativo é a relação denúncia feedback. “A partir de agora há mais um meio para a população colaborar com a comprovação de evidências dos focos do mosquito. E isso pode acontecer em qualquer lugar e a qualquer hora em que os cidadãos queiram atuar monitorando e colaborando para o maior alcance do bem-estar da comunidade”, pontuou a secretária.

Desenvolvido por meio de uma cooperação técnica entre a Sesau e a empresa alagoana Rastru, o aplicativo estabelece um canal de comunicação entre o cidadão e a geFoto-lancamento4stão pública. Assim, ao observar algum foco de mosquito, será possível, facilmente, e de forma anônima, enviar para os gestores públicos um registro (denúncia), inclusive adicionando fotos, vídeos, áudio e localização geográfica.

Do outro lado, as Secretarias Municipais de Saúde ao receberem a denúncia, que fica armazenada no banco de dados com acesso apenas para a gestão pública da saúde, vão encaminhar os agentes de endemias para averiguar o local e apurar o registro do cidadão. Dessa forma, poderão ser planejadas políticas públicas para combater o vetor que transmite a dengue, o zika vírus e a febre chikungunya.

“Essa tecnologia proporciona ao cidadão um canal para denúncia junto ao poder público, como também o Estado passa a fiscalizar se os municípios alagoanos estão realmente atuando onde há evidências de focos do Aedes aegypti”, ressaltou Wyszomirska. Assim, a proposta facilita a mobilização, o engajamento e o compromisso do poder público em responder às colaborações dos cidadãos.

Sistema

O download do aplicativo já está liberado de forma gratuita na loja virtual Google Play e App Store. Dessa forma, o aplicativo Juntos pela Saúde permite a colaboração efetiva entre cidadão e governo nas atividades de denúncias, monitoramento e troca de informações necessárias para a prevenção, resolução e combate aos problemas de saúde relativos ao Aedes aegypti.

Outra ferramenta tecnológica apresentada durante a solenidade para combater ao mosquito é a utilização de drones, que podem atuar identificando focos do Aedes aegypti em locais de difícil acesso como um auxílio ao trabalho já realizado pelas equipes de vigilância.

Repórter: Danielle Cândido
Fonte:  Ascom/Saúde
Fotógrafo capa: Olival Santos